Transa Gostosa com Amigo Hétero

Oi, meu nome é Marcus e tenho 23 anos. Vou contar algo que aconteceu comigo há um ano. Sou gay assumido desde os 18 anos, mas sabia que gostava de homens com 12. Bem, eu ajudei, por assim dizer, alguns homens a experimentarem prazer com homem para verem como é. Alguns gostaram e outros não. Até que enfim o ser humano entende a sexualidade faz parte de um… Aprendizado. Chega de filosofar e vamos ao meu conto! Eu tenho um amigo chamado Carlos. Ele é desses magros bem definidos, lindos olhos cor de mel e cabelos castanhos claros. Conversar com ele era prazeroso para mim e como ele fazia academia seu corpo passou a tomar outras… Feições. Os braços mais musculosos, bumbum e pernas mais definidos e por aí vai. Nossa! Já ia me esquecendo ele tava com 20 anos.

Ler mais

O Ciclista avantajado

Num domingo fui fazer minha caminhada pela manhã, como sempre fiz onde caminham mulheres bonitas e gostosas, Vestindo calças coladas no corpo deixando o corpo super atraente.
Parei para fazer alongamentos, vi aproximar um ciclista vestido a caráter e seu short colado deixava seu volume transparecer. Não era comum um volume daqueles.
Desceu da sua bike agachou para verificar os pneus, foi ai que me deixou vislumbrado com a possibilidade de ter ali um avantajado membro. Ele notou que olhava, então falou: É! Acho que vou ter que empurrar. Olhei para os lados, não haviam ninguém, por perto, entendi que ele falava comigo.

Ler mais

Primeira vez com o compadre

Meu compadre é bem mais novo do que eu, só padrinho de casamento dele e da filha. Ele é muito bonito e gostoso, ele não sabia que eu gostava dele. Uma certa noite fomos para uma festa e bebemos muito, e ele foi dormir lá em casa. Acordei umas 03:00 horas da manhã e ele dormia de barriga para cima com aquele pau lindo duro como uma pedra, não resisti e comecei a passar a mãos nele, depois de um tempo baixei a cueca dele e comecei a chupar a cabecinha e fui colocando todo em minha boca e comecei mamar gostoso e ele acordou assustado. Tentei negar que não era aquilo, mais ele falou, meu compadre você gosta de rola, você é viadinho. Aí segurou minha cabeça e pichou para o pau dele fazendo eu engolir a rola dele todinha, que tem uns 18cm e é bem grossa, aí eu não perdi tempo e

Ler mais

Primeira vez com o padrasto

Esse conto é verídico e aconteceu comigo mesmo. Mesmo eu tendo recém completado 18 anos, minha mãe já estava em seu 5º casamento. O sortudo da vez se chamava Paulo, cerca de 36 anos mas aparentava ser mais jovem, olhos verdes, branco com lábios grossos, lembrava um pouco o cantor Diogo Nogueira, mas com cabelo crespo.
Nossa convivência era harmoniosa e nunca olhei-o com segundas intenções, até porque Paulo era super respeitoso e discreto, nunca tinha o visto nem mesmo de cueca, mesmo já tendo 4 anos morando na mesma casa. Até que conversando com um amigo sobre putarias, ele me contou que seu pai o tinha ensinado a bater punheta e eles batiam juntos até hoje, que inclusive batiam um pro outro, mas nunca tinham tido nada a mais. Nesse momento, mesmo nunca tendo visto nem mesmo o volume de Paulo, eu desejei ter esse nível de intimidade com meu padrasto. E foi

Ler mais

Dando pro uber pauzudo

Oii pessoal, voltei aqui pra contar mais uma história que aconteceu comigo no início da semana, era finalzinho de tarde e eu tinha ído dar uma volta pra relaxar um pouco o estresse do dia, e provocar os machos gostosos que eu achasse claro, sempre que saio de casa procuro uma roupa que valorize muito minha raba, coloquei as roupas mais apertadas que tinha que acabou mostrando o tamanho da minha bunda, quando estava voltando pra casa resolví pedir um uber, era mais ou menos 18:30hs, quando ele chegou, eu dei logo uma olhada nele e uau, que delicia, um carinha magro, moreno, e com certeza era pauzudo, tentei puxar papo mas ele só respondia o básico, aos poucos se soltou e fomos falando do estresse que o trabalho causa, então eu disse que uma foda é tudo para relaxar, ele

Ler mais

Dei porra pro novinho atrás da casa

Mudei novamente de casa. Estou morando em um bairro novo. Minha mãe logo fez amizade com a nossa vizinha e todo dia ela vem aqui em casa ficar conversando ou assistindo novela com minha mãe. Quase sempre o filho dela vem junto, nome dele é Davi.
Sempre quando Davi vem junto, ele vai direto pro meu quarto pra ficar conversando comigo ou usando meu PC. Ele é bem novinho, mesmos assim temos muito assunto em comum. Direto eu percebia ele manjando minha rola, então só pra provocar eu curto ficar apertando a rola na frente dele, ou com a mão dentro do short fingindo que tô coçando e tals… quase sempre eu tô sem camisa, apenas de short, muitas vezes sem cueca. Davi fica maluquinho quando me vê assim.

Ler mais

Primeira Vez tomando leite quente de macho

Meu nome é Lucas, tenho 30 anos, cabelos e olhos castanhos escuros, 1,69alt. 67kg com o corpo definido de academia, sou pardo com a boca bem carnuda e cara de safado.

Eu era bem mais novo, tinha 18 anos e foi a primeira vez que fui pra balada. Naquela época eu só tinha beijado um menino uma vez num verdade e desafio e foi muito escondido, então ninguém imaginava nada.
Meu vizinho Caio havia me chamado no começo da semana pra sair pra balada no final de semana e eu aceitei, Fiquei tenso a semana inteira pensando em como seria, o que eu deveria vestir, que música que iria tocar, se eu ia pegar alguém ou não… Eu já tinha ido pra barzinho e tals mas nada de sair pra balada pra dançar. Na época eu ainda tinha cara de muleke, corpo magro, sem pelos no corpo ou no rosto. Marcamos um horário pra sair de casa e fomos pro ponto de ônibus. Aquela semana eu tava tão tenso que não tinha batido punheta a semana inteira,e olha que quanado eu era muleke eu batia umas 3 por dia, então a mamadeira tava cheia e o tesão a mil.

Ler mais

Reencontro com o Primo

Já relatei aqui uma aventura que tive com meu primo Felipe, em agosto, desde então não comentamos mais sobre o assunto, continuamos como se nada tivesse acontecido. Essa semana no dia que eu estava de folga ele me ligou convidando para ir na na casa dele. Como não é comum ele me convidar dia de semana para ir na casa dele, logo já imaginei qual era a intenção dele.
Fui preparado para as segundas intenções dele, e a minha também. Cheguei na casa dele, começamos a conversar até que ele falou:

– Vou falar a verdade, te chamei aqui porque todos os dias eu penso naquela foda contigo, tenho medo de sair com outros caras e alguém descobrir, mas contigo é diferente, além de primo você também é casado. Te chamei aqui pois quero realizar as fantasias que tenho com outros caras, contigo. Se você não tiver afim eu vou entender, mas ter um primo como amante eu acho muito mais seguro e confiável.

Ler mais