Primeira vez com travesti em BH

Conheci a Isabela numa festa do meu bairro aqui em Belo Horizonte. Ela estava conversando pedindo cachorro quente em uma banca quando eu a vi pela primeira vez. Um corpinho fantástico de gostoso, coxas grossas, bumbum empinado e de tamanho perfeito. Estava com um vestidinho curto que valorizava as pernas. Cheguei puxando assunto e em pouco tempo estávamos conversando animados. Ela tinha uma voz rouca que me fez ficar na dúvida se era realmente uma mulher ou travesti. Fiquei curioso e fui alongando a conversa. Ela havia gostado de mim e estava bem aberta ao papo. Eu por minha vez aproveitava os momentos em que ela estava me respondendo para olhar para uma boca de lábios grossos e bonitos e espiar rápido os seios dela. Ela estava com uma blusinha branca que eu não

Ler mais

Minha Primeira Vez Com Uma Trans

Isso aconteceu há uns 5 anos. Eu estudava em uma universidade em Botafogo, e toda sexta-feira eu e meus amigos íamos resenhar após a aula na mureta da Urca, onde reuniam jovens de todas as universidades lá.

Estava eu e mais um grupo de 5 amigos meus conversando lá, quando chegou uma amiga minha, a Fê, acompanhada de outra amiga que eu ainda não conhecia: Karol. Karol era linda. Tinha um rosto com feições finas, mas lábios bem carnudos que já me chamavam pra beija-los assim que eu a vi. Tinha o cabelo loiro na raiz e pintado de rosa. Pele branquinha, cerca de 1,61m, 54 kgs, bem magrinha, com peitinhos bem pequenos e uma bunda empinadinha. Ela usava uma calça de moletom bem soltinha e uma camisa baby-look rosa. Além disso, ela também usava uma linda maquiagem, com longos lápis de olho que realçavam os seus olhos verdes.

Ler mais

A Primeira vez com uma Trans

Olá eu o Ricardo um Tigrão Baiano. Desde de meus primeiros momentos da minha vida sexual, sempre fui um garoto que gostei de mulheres. Não aguentava ver uma garota com o short apertado, que já ia me masturbar no banheiro ou em qualquer outro lugar, que não, tivesse ninguém por perto. Não é atoa que sempre fui considerado um cara pegador e todas as mulheres que ficaram comigo se apaixonaram, tive quatro esposas e três filhos com 3 mães diferentes.

Mas sempre nos momentos que ficava e fico em casa só, eu sempre gostei de bater punheta com os dedos no cu. Sempre e a cada dia dava mais tesão, comecei com aquela vontade porquê batia punheta sem o dedo no cu e gozava normal, mas sempre ficava naquela vontade louca de enfiar o dedo no cu, e já que tinha esse desejo fiz e foi maravilhoso, a sensação era muito forte e gozava muito mais nossa, chega ficava de pernas tremulas.

Ler mais

Dei para a travesti roluda

Olá, isso realmente aconteceu comigo há algum tempo atrás. Estava em viagem e procurei em um aplicativo uma travesti, estava afim, nem sabia direito do quê. Encontrei uma por perto com uma vara bem avantajada e chamei. Marcamos para pouco tempo depois.
Fui a sua casa e muito bem recebido. Ela era muito bonita e tinha uma pica de respeito. Me pediu o que queria, disse:
– Chupar uma pica e comer um cuzinho.

Ler mais

Trans Novinha

Fala aí, galera.
Vou contar a história que meu namorado me contou, (descobri que adoro ser cuck) no ponto de vista dele, então vamos ao conto.
Eu sou do tipo grandão parrudo, 1,79 de altura, 100 kgs, forte de academia, e modéstia parte tenho um pau bem grosso (igual ao do ator pornô Marcelo Mastro), sou só ativo, que deixa qualquer viadinho doido, namoro com outro cara e somos tarados, se deixar a gente fode todo dia.

Ler mais

Travesti me comeu

Hoje, diaestava conversando com uma trans da cidade, até que num súbito, pedi seu endereço e disse que iria até sua casa; ela me passou o nome da rua e o número, dei uma desculpa aqui em casa, já que sou casado , e sai….em menos de 10 minutos, estava parando meu carro e indo em direção a casa da Leila ! Após contato, entrei…ela já estava me esperando deitada na cama, embaixo de uma manta, completamente nua ! Pediu que eu tirasse minha roupa e entrasse embaixo da coberta !! Assim fiz, entrei embaixo da coberta e já senti aquele caralho grosso, duro como pedra !! Começamos a nos beijar e sem perder tempo, comecei a punheta-la, desci minha boca até aquele pau grosso e chupei com vontade !! Lambi a glande, o mastro, o saco !! Que delícia !! Nisso, ela me virou e começou a chupar

Ler mais