Putinha no Cinemão de Santo Amaro

Olá, me chamo Felipe, tenho 30 anos, tenhos olhos e cabelos pretos, pele branca e sou um ursinho, com 1.70 de altura e 75kg

Vamos lá… era meu aniversário de 27 anos, e caiu em um domingo, como nunca gostei daquelas comemorações tradicionais, dei um perdido em todo mundo e
fui conhecer o cinemão de Santo Amaro…

Entrei no lugar passando por uma cortina, e fiquei esperando meus olhos se acostumarem ao lugar, como fui na intenção de ser fodido, guardei tudo no guarda volumes, e fiquei apenas com algumas camisinhas e um gel facilitador (que funciona como lubrificante). Assim que meus olhos se acostumaram a escuridão, já reparei que o lugar estava pegando fogo, tinha algumas pessoas sentadas em duplas nas cadeiras do cinema, e logo reparei que

batiam punheta uns para os outros, aproveitei um pouco aquela cena, e depois vi um movimento do lado da tela, e reparei que era uma porta, segui para lá, e cheguei em uma outra sala, onde passava um filme pornô gay, tinham algumas cadeiras, e um dark room, segui para o dark, ao chegar lá, reparei que um coroa bem alto tinha me seguido, ele já chegou colocando o pau para fora, era um pau pequeno, mas com uma cabecinha grande, já fui me ajoelhando e mamando aquele cacete, eu tava faminto por rola, engolia ele inteiro enquanto massageava as bolas do coroa, me animei ainda mais quando ele disse que eu mamava

melhor que a esposa (Lá é cheio de casados) continuei mamando por alguns minutos quando ele começou a pegar a camisinha, e nisso foi chegando mais gente no dark e fizeram uma rodinha ao meu redor, eu só conseguia ver a silhueta das pessoas, e sentir os paus roçando na minha cara (Eram uns 4 paus, e eu fazia o possível para mamar todos) fora a galera que ficava só assistindo.

De qualquer maneira, o coroa me pegou pelo braço e me levantou, quando colocou o pau na porta do meu cuzinho, entrou tranquilo, e ele colocou tudo de uma vez, senti suas bolas batendo na minha bundinha quando ele começou as estocadas, e aquele barulho de rola entrando num cuzinho tomou o lugar, isso animou os caras ao redor, que começaram a lamber meus mamilos, um deles até agachou pra ficar mamando meu pau, enquanto ele colocava a mão por baixo do meu saco, pra sentir o pau do coroa entrando no meu cuzinho. Agora eu tinha um cara comendo meu cuzinho, dois com meus mamilos na boca, e um quarto mamando meu pau, fora as mãos do outros caras no dark que eu sentia pelo corpo, me senti total entregue ali, eu só queria saber de foder, o cara que estava me mamando levantou e virou a bundinha para o meu lado, nem pensei duas vezes e meti meu pau nele, senti aquele cuzinho quente se abrindo na minha rola e quase gozei, agora éramos um trenzinho, e enquanto eu comia o cuzinho do cara que pelo corpo era um ursinho delicioso também, o coroa me fodia.

Em determinado momento, os gemidos do coroa se intensificaram, e senti suas pernas tremendo, entendi que ele estava gozando, ele deu um tapa na minha bunda, e depois de gozar foi embora, não tive nem tempo de respirar, pois um outro homem já colocava o seu pau no meu cuzinho para preencher o espaço aberto, como o coroa tinha me comido por alguns minutos, meu cuzinho já estava abertinho, só que o pau desse cara
era bem maior que o do coroa, e a única coisa que lembro desse homem é que ele usava um boné, e que seu pau era bem grande, ele já chegou me empurrando para o canto, me encostando na parede, e me fodendo como se tivesse a muito tempo querendo comer um cuzinho, por conta dessa situação, o ursinho que eu tava comendo acabou saindo do trenzinho, e eu assisti ele dar para um outro coroa bem do meu lado, agora eu e ele éramos fodidos, cada um por

um homem diferente, e começamos a nos beijar, o cara de boné que me comia começou a dar vários tapas violentos na minha bunda, enquanto me chamava de putinha, e viadinho arrombado, eu delirava naquela rola, os outros caras tentavam passar a mão, mas ele tirava todas, bem possessivo, até o momento em que o coroa que tava comendo o ursinho do meu lado, sugeriu que eles trocassem os cuzinhos que tavam fodendo, então ele foi foder o outro ursinho, e o coroa veio me comer, por sorte, eu já tava bem aberto, porque era um pau enorme, e bem cabeçudo, de qualquer forma, ele encaixou tudo de uma vez, e começou a dar estocadas violentas no meu cuzinho, eu gemia encostado na parede, enquanto sentia as outras mãos passando pelo meu corpo e pelo dele, e assistia o cara de boné fodendo o ursinho ao meu lado.

Quando o coroa pauzudo que me comia gozou e saiu, comecei a abrir o cuzinho do ursinho para o rapaz de boné o foder, coloquei a mão por baixo do seu saco para sentir o pau entrando (o que amo fazer). Enquanto ele continuava a foder o ursinho com toda aquela intensidade, machos daquele jeito são raros, quando finalmente ele gozou com um esporro na minha boca, arrumou sua roupa e saiu do dark como se nada tivesse acontecido, eu com a boca cheia do gozo dele, fiquei beijando o ursinho que tinha sido fodido por ele, e ficamos nós dois, de cuzinho aberto no dark…

Lembro que no fim das contas eu acabei dando para 7 machos lá dentro, o ursinho que tava servindo os machos comigo foi mais além, porque em um momento eu gozei e fiquei ali por perto do dark, enquanto ele continuava dando para vários outros que não paravam de entrar lá, foi um dos meus melhores aniversários, acabei trocando contato com esse ursinho putinho, e entregamos nossos rabos juntos para vários outros machos que gostam de comer 2 cuzinhos ao mesmo tempo

Deixe um comentário